sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Agência Brasileira do ISBN terá registro totalmente online para novos ISBNs

Na próxima segunda-feira, 11 de novembro, a Agência Brasileira do ISBN fará uma atualização muito positiva para as editoras cadastradas na instituição: vai ao ar um novo sistema online, em que será possível solicitar e acompanhar o registro do ISBN de modo totalmente eletrônico, sem necessidade de procedimentos manuais, como o envio de formulários impressos e comprovantes de pagamento pelo correio.
De acordo com a legislação do livro no Brasil, todos os livros publicados e distribuídos no país precisam receber um número ISBN para registro e catalogação. Até agora, o único procedimento possível para registrar ISBNs, para a grande maioria das editoras cadastradas na Agência, era através do envio, pelo correio, de um formulário impresso. 
Embora o método vá continuar, agora a editora poderá optar por um procedimento totalmente eletrônico, mais prático, rápido e econômico. Estamos aguardando um acesso ao sistema, para apresentarmos a novidade aos leitores do Revolução eBook e explicar como ela funcionará na prática, uma vez que muitos autores (e editores) nos escrevem regularmente com dúvidas a respeito da designação de ISBNs para ebooks. Enquanto isso, confira mais detalhes sobre esta ótima novidade, na entrevista que fizemos com a chefe da Agência Brasileira do ISBN, Andréa Coêlho de Souza: 
Revolução – A Agência está implantando um sistema online para os pedidos de ISBN, como está ocorrendo a transição? 
Andréa Coêlho de Souza – A transição já vem ocorrendo internamente na Agência há 2 meses, que correspondente a 1ª fase. Como o novo sistema está passando por ajustes, podem acontecer alguns atrasos eventuais nos serviços, no qual os editores já foram comunicados através do site da Agência. Novamente reiteramos nossas desculpas e pedimos a compreensão de todos, pois toda mudança requer um pouco de paciência. A próxima fase será o lançamento de um novo site da Agência. 
Revolução - Qual o cronograma da expansão desta nova sistemática, para as demais editoras? 
Andréa - No dia 4/11 11/11– 2ªf, o sistema online já estará disponibilizado para todas as editoras, através de um novo site da Agência. O modo atual, correio, permanecerá, também neste novo site. Fica a critério do editor escolher o online ou correio. 
Revolução – Como funcionará o novo sistema? 
Andréa – Os editores poderão solicitar os serviços, fazer o pagamento (boleto bancário) e acompanhar a solicitação através da internet. O processo atual, via correio, permanecerá. O editor é livre para escolher a opção que melhor lhe convier: on line ou correios. 
Revolução - Quais benefícios você visualiza com a nova sistemática, tanto para a Agência, quanto para as editoras? 
Andréa – Para a Agência o sistema on line era uma promessa da atual administração para com os editores. O benefício é que os editores vão reduzir gastos com correio e tempo de envio. Lembramos que o processo de envio do serviço executado pela Agência para os editores [a entrega dos ISBNs] já era on line desde o ano de 2007. 
Revolução - A Agência verifica um aumento no número de registros de ISBN, por conta da publicação de ebooks? 
Andréa – Este aumento estava sendo gradativo, mas, nos dois últimos anos ele vem crescendo. Algumas editoras estão se cadastrando na Agência somente para editar e-books.

Por Eduardo Melo, fonte Revolução ebook