terça-feira, 31 de maio de 2011

Bibliotecário

No espaço documentário da TV JUSTIÇA dessa semana você pode conhecer um pouco do trabalho do bibliotecário, profissional que trata a informação e a torna acessível ao público. 

Os  vídeos mostram o trabalho desenvolvido por eles na biblioteca "Para Todos", que fica no parque Santo Antônio, zona sul de São Paulo. Lá, a população tem acesso a obras digitais de diversos gêneros, além de cds e dvds. Vai conhecer o trabalho desenvolvido pela biblioteca virtual do governo do estado de Pão Paulo, que presta um serviço eletrônico de informações gratuitas ao cidadão. A equipe recebe a demanda e encaminha para os órgãos responsáveis ou, dependendo do conteúdo, ela mesma responde eletronicamente. E ainda o trabalho desenvolvido nas grandes empresas, onde o bibliotecário trabalha com pesquisa e prospecção de informação.










segunda-feira, 30 de maio de 2011

Informação & Sociedade: Estudos

Nova edição Vol. 21, No 1 (2011)

Sumário

Editorial

As condições para a produção científica PDF
Gustavo Henrique de Araújo Freire, Isa Maria Freire

Artigos de Revisão

Competência em informação: um fator crítico para a comunicação na atualidade Resumo PDF
Ana Flávia Sípoli Cól, Regina Célia Baptista Belluzzo
Reflexões acerca das relações entre representação temática e descritiva Resumo PDF
Giovana Deliberali Maimone, Naira Christofoletti Silveira, Maria de Fátima Gonçalves Moreira Tálamo
Biblioteca pública como lugar de práticas culturais: uma discussão sócio-histórica Resumo PDF
Fabrício José Nascimento da Silveira, Alcenir Soares dos Reis
A Gestão da Informação e do Conhecimento na Ciência da Informação: Perspectivas Teóricas e Práticas Organizacionais Resumo PDF
Edivanio Duarte de Souza, Eduardo José Wense Dias, Mônica Erichsen Nassif

Memórias Científicas Originais

El acceso a la información pública: estudio de casos de Brasil, España y Portugal Resumo PDF
Isidoro Gil-Leiva, Gregorio Moya Martínez
A Responsabilidade Ét(n)ico-Social na Produção de Conhecimento nas Universidades Públicas Resumo PDF
Alba Lígia Almeida Silva, Mirian de Albuquerque Aquino

Relatos de Experiência

Uma Ontologia para Instrumentos da Gestão do Conhecimento e Agentes da Engenharia do Conhecimento Resumo PDF
Sandro Rautenberg, José Leomar Todesco, Andrea Valéria Steil
Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia: implantação e acompanhamento Resumo PDF
Flavia Rosa, Rodrigo França Meirelles, Marcos Palacios

Relatos de Pesquisa

A institucionalização da Ciência da Informação no Brasil sob a ótica da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área Resumo PDF
Aline Elis Arboit, Leilah Santiago Bufrem, Nair Yumiko Kobashi
Conexões Temáticas em Gestão da Informação e do Conhecimento no Campo da Ciência da Informação: Resumo PDF
Emeide Nóbrega Duarte
Homens e Mulheres “Aceitam” de Maneira Diferente? Impacto do Gênero no Modelo (Expandido) de Aceitação da Tecnologia - TAM Resumo PDF
Márcia Zampieri Grohmann, Luciana Flores Battistella
Políticas de indexação no âmbito da gestão do conhecimento organizacional Resumo PDF
Mariana Lousada, Elaine Cristina Lopes, Mariângela Spotti Lopes Fujita, Marta Lígia Pomim Valentim
A ABEBD e o currículo de bacharelado em Biblioteconomia no Brasil, de 1967 a 2000 Resumo PDF
Francisco das Chagas de Souza

Comunicações de Trabalhos/Pesquisas em Andamento

Governo Eletrônico e Participação Política nos Websites dos Deputados da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia Resumo PDF
José Carlos Sales dos Santos, Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva



sexta-feira, 27 de maio de 2011

Brasileiro de 71 anos cria rede social para empresas

Mark Zuckerberg criou o Facebook com 19 anos. Reid Hoffman tinha 35 anos quando ajudou a fundar o LinkedIn. Mas o brasileiro Pierre Grossmann prova que se aventurar no mercado de redes sociais não é exclusividade dos jovens. Aos 71 anos, ele acaba de inaugurar a "Yes, I Can Do B2B", ferramenta on-line para a interação de empresas que desejam fechar negócios.
Com seu smartphone a postos rodando o sistema operacional Android, do Google, e um iPad, da Apple, à sua frente, Grossmann não se intimida pela concorrência no setor, que tem crescido exponencialmente.
"Essa ferramenta vai muito além do Google e faz o que nenhuma outra rede social faz. Ela pode conectar um chinês a um brasileiro e fazê-los fecharem negócios", disse à Reuters.


Para mais informações acessem: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/05/brasileiro-de-71-anos-cria-rede-social-para-empresas.html

Livro e Leitura

A Fundação Biblioteca Nacional conseguiu liberar, no Ministério da Cultura, recursos de R$ 13,3 milhões. Objetivo? Implantação de bibliotecas, pontos de leitura e bolsas para contratação de 2.415 agentes de leitura em 400 municípios para atuar junto aos beneficiados pelo Bolsa Família.
Essa quantia, segundo Galeno Amorim, da BN, ajudarão a zerar, até o final do ano, o número de cidades sem bibliotecas no País.

Fonte: http://blogs.estadao.com.br/sonia-racy/prateleira-3/

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Tutorial Livro Eletrônico

Tutorial para Criação, Conversão e Organização de livro eletrônico.
O Sigil é utilizado como editor, a biblioteca do Calibre como conversor e a biblioteca do Adobe para organização. Vídeo elaborado para a Disciplina Disseminação da Informação II, elaborado pelas alunas Fabíola Campos, Janiele Lopes e Robéria Andrade, Seminário Livro Eletrônico do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal da Paraíba.



 

domingo, 22 de maio de 2011

Zabelê: minha raiz

Construi meu primeiro termo na Wikipédia, ou melhor acrescentei dados no termo Zabelê (Paraíba).
Mais informações acesse: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Zabelê_(Paraíba)


sábado, 14 de maio de 2011

Tablets para alfabetizar crianças

Os alunos de 3 a 6 anos matriculados na educação infantil do Colégio Israelita Brasileira, em Porto Alegre, são alfabetizados com ajuda dos tablets iPad. Cerca de 130 crianças têm aulas semanais com o aparelho.
As atividades são propostas de forma individual, em dupla ou em grupo de até quatro pessoas. O iPad foi escolhido pela instituição, segundo a coordenação, pela facilidade no manuseio e seleção das informações na tela através do sistema touch screen, pela diversidade de aplicativos e softwares disponíveis para uso pedagógico e pela tela multitoque, que facilita as trocas entre os alunos.

Crianças utilizam os iPads pelo menos uma vez por semana (Foto: Stúdio Aronis/ Divulgação) 
(Foto: Stúdio Aronis/ Divulgação)
 
 
Leia a notícia completa através do link:
http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2011/05/escola-de-porto-alegre-usa-tablets-para-alfabetizar-criancas.html

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Revista Biblos

Saiu a nova edição da Revista Biblos.


Artigos

Gerenciamento eletrônico de documentos na Universidade Federal de Santa Catarina Resumo PDF
Eliana Maria dos Santos Bahia, Juliana Fachin 11-24
A descrição de documentos fotográficos através da ISAD (G) e AACR2: aproximações e diferenças. Resumo PDF
Ana Cristina de Albuquerque, Eduardo Ismael Murguia 25-42
Análise Critica do software Ant Movie Catalog sob o ponto de vista da organização da documentação audiovisual fílmica Resumo PDF
Robson Ashtoffen, Johanna Wilhelmina Smit 43-58
As Ciências Humanas no Museu Paraense Emilio Goeldi (1988- 2003): uma experiência de pesquisa a partir da Bibliometria Resumo PDF
Elida Moura Figueiredo, Maria Astrogilda Ribeiro Silva 59-82
Considerações sobre o E-book:do Hipertexto à Preservação Digital Resumo PDF
Gisele Vasconcelos Dziekaniak 83-100
A biblioteca pública: um papel determinado e determinante na sociedade Resumo PDF
Aline Pinheiro Brettas 101-118
A formação pedagógica do arquivista no Século XXI: o aprendizado do Hipertexto Resumo PDF
Carlos Eugênio Silva Neto, Janecely Silveira de Lima, João Wandemberg Gonçalves Maciel 119-134


BIBLOS, ISSN 0102-4388, Rio Grande, Brasil
Acesso através do link,
http://www.seer.furg.br/ojs/index.php/biblos/issue/current


domingo, 8 de maio de 2011

Feliz dia das Mães

Não seria justo deixar esse dia passar em branco sem nenhuma homenagem a pessoa mais especial de minha vida. A ela devo tudo o que tenho e mais ainda o que sou. Com ela aprendi a falar, a dar os meus primeiros passos, a escrever, lembro com muitas saudades das vezes que me levava a escola em sua bicicleta vermelha, o quanto me incentivou para entrar na universidade e o quanto me impulsiona a lutar por dias melhores. Minha mainha, minha MÃE. A te dedico todas as minhas vitórias, és a minha razão de viver.
Parabéns por essa data tão especial, te amo para todo o sempre.


As palavras tem poder

As palavras têm muito poder. Neste pequeno texto de Osho, ele fala como o ato de escolher melhor as palavras (e aqui eu estenderia a “regra” também para os pensamentos) é capaz de mudar sua vida.
Palavras não são apenas palavras. Elas têm disposições de ânimo, climas próprios.
Quando uma palavra se aloja dentro de você, ela traz um clima diferente à sua mente, uma abordagem diferente, uma visão diferente. Chame a mesma coisa de um nome diferente e perceberá: algo fica imediatamente diferente.
Existem as palavras dos sentimentos e as palavras intelectuais. Abandone cada vez mais as palavras intelectuais, use cada vez mais palavras dos sentimentos. Existem palavras políticas e palavras religiosas. Abandone as palavras políticas. Existem palavras que imediatamente criam conflito. No momento em que você pronuncia, surgem discussões. Assim, nunca use uma linguagem lógica e argumentativa. Use a linguagem do afeto, do carinho, do amor, para que não surja discussão alguma.
[...] Uma única palavra pronunciada na inconsciência pode criar uma longa corrente de aflição. Uma leve diferença, apenas uma virada muito pequena, e isso cria mudança. Você deveria ser muito cuidadoso e usar as palavras quando absolutamente necessário. Evite palavras contaminadas. Use palavras arejadas, não controversas, que não são argumentos, mas apenas expressões de suas impressões.
Se você puder se tornar um especialista em palavras, toda a sua vida será totalmente diferente. Se uma palavra trouxer infelicidade, raiva, conflito ou discussão, abandone-a. Qual é o sentido de carregá-la? Substitua-a por algo melhor. O melhor é o silêncio, depois é o canto, a poesia, o amor.

Fonte: http://inconscientecoletivo.net/palavras-tem-poder/