sábado, 6 de setembro de 2014

Para incentivar leitura, ação 'espalha' livros por locais inusitados de Manaus



"Leve este livro para você". Esta é a mensagem deixada dentro de obras espalhadas por diversos pontos da capital amazonense a partir do sábado (30/08). Realizado por 15 jovens da Comunidade Global Shapers Manaus, o projeto consiste em deixar livros em locais diferentes, como em bancos de praça, restaurantes e ônibus, por exemplo, com um objetivo simples, mas de grande impacto: incentivar o hábito da leitura diária nos manauenses.

O projeto foi posto em prática pela primeira vez na tarde deste sábado (30), em um shopping da Zona Centro-Sul da cidade. Ao mesmo tempo em que passeava pelo centro de compras, o grupo deixou livros espalhados por diferentes locais. Quem visitar o banheiro, lojas ou decidir descansar em um banco, por exemplo, poderá 'ganhar' um livro. Ao todo, 30 obras da literatura nacional e estrangeira foram colocadas a disposição, de forma gratuita, para quem os quisesse ler.

O curador do Global Shapers Manaus, iniciativa do Fórum Econômico Mundial, Glauber Gomes, de 27 anos, explica o propósito da ação. "Nós queremos transformar a cidade, tornando os manauenses um pouco mais fãs de livros. Tudo começa pelo compartilhamento. Uma pessoa deixa um livro em qualquer lugar com um 'marca páginas' explicando o projeto, como se fosse uma dedicatória. A ideia é que essa pessoa também use o marca páginas para doar outro livro seu, se tornando um grande movimento", contou.

O marca página deixado dentro das obras convida o leitor a prosseguir com a corrente. "Este livro foi muito importante para alguém, que decidiu compartilhar com você, deixando-o aqui. Leve-o para casa, leia e assim que acabar, compartilhe-o também!", diz trecho da dedicatória. No verso, cada 'dono' do livro anota seu nome e a data em que deixou a obra em um lugar público.

Os idealizadores pensam agora em "viralizar" a brincadeira. "O bacana é encontrar lugares divertidos de compartilhar, como dentro de um táxi. Vai da criatividade de cada um", acrescentou Glauber. Para espalhar a ideia, o grupo sugere que os "presenteados" tirem fotos das obras deixadas em um local e as publiquem nas redes sociais com a hashtag "#leveestelivro". Quem quiser fazer parte do projeto poderá imprimir o marca páginas oficial da iniciativa disponível no Facebook do grupo.

Fonte: G1